Depoimentos:

Anorexia Nervosa

1) Tomava laxante, diurético, acabei com minha saúde.

Depoimento:

Oi, tenho 22 anos, tenho Anorexia, não suporto ser gorda. Pois todos sempre falavam ela e tão linda e magra que pra mim hoje ser bonita tem que ser magra.

Comecei a vomitar com mais ou menos uns 17 anos, ninguém nunca percebeu, pois todos estavam sempre ocupados demais pra me notarem, acho que comecei a vomitar pra minha mãe reparar em mim, mas aí depois era por outros motivos pra ficar magra mesmo, com 19 anos pesei 28 Kg, colocava duas calças pra ninguém percebe o quanto era magra.

Mas quando comecei a conversar com meninas que faziam a mesma coisa e elas falavam você deve estar linda, aí não quis parar mais, elas me incentivavam muito e me sentia bem.

Mesmo com dores no corpo, aftas que davam muitas eu continuei.
Até que comprei uma revista que falava sobre Anorexia e Bulimia e li essa revista e vi o que tinha, mas achei que não era nada que ia passar que quando eu quisesse parar ia conseguir, mas não foi bem assim, não consegui parar, mas tinha vergonha de contar, da minha família não entender.

Tomava laxante, diurético, acabei com minha saúde.
Mas comecei a desmaiar demais, até que fiquei um dia inteiro no hospital com dores tomei soro, pois estava super desidratada, meus dedos ficaram roxos, minha língua enrolou minha mãe acho que eu ia morrer foi uma das minhas piores crises, aquele dia fiquei com medo de morrer, mas afinal era aquilo que queria morrer, pra não ter que comer mais.

Não suporto comer. Cheguei a ficar 3 dias sem comer só comendo gelatina.
Meu estômago doía muito, cheguei por diversas vezes vomitar sangue pra ter certeza que não tinha nada no meu estômago, isso se repetiu muitas vezes.

Acho que meu anjo da guarda ou Deus me deram coragem pra eu contar a minha família e pedir ajuda! Tenho que mostrar pra mim, pra minha família que eu venci essa doença e que ela não vai me vencer. Tenho medo de não ser forte o suficiente, de falhar e muito difícil.

Estou em tratamento com Psicólogo, psicoterapeuta, Psiquiatra, nutricionista, cardiologista, endocrinologista, tenho recaídas várias, não estou curada eu sei, mas sei que tenho que ter consciência de muita coisa que eu não tenho.

Espero um dia estar curada, sei das conseqüências que isso me trouxe, tenho muita dor nos ossos, muita dor de cabeça, e como pouco.

Quase nada; comecei o tratamento faz pouco tempo, são apenas três meses, sei também que é um tratamento longo.
Tenho apoio da minha família que e o mais importante, tenho tanto medo de não conseguir, de morrer, mas às vezes e maior que a minha vontade, não consigo calculo tudo que como pra não passar de 500 calorias, tenho pavor de engordar, quando exagero ainda vomito não sei me controlar.

Peço que coloquem esse depoimento pra todos verem que não façam apologia a Anorexia, que não entrem em salas de bate-papo que apoiem isso.
Pois quase morri. E não quero ver outras meninas morrendo por causa disso. Pois as conseqüências serão eternas.

Deixo um abraço a todos e que não desistam e peçam ajuda não tenham vergonha!

2) Fiquei 10 dias internada. No início pesava 40 Kg, cheguei a pesar 25 Kg.

Depoimento:

Tenho 13 anos e há 2 meses apresentei Anorexia Nervosa. No início achava tudo normal.
Comecei a parar de lanchar na escola junto com minhas colegas. Depois comecei a me preocupar mais com a comida e regime (embora nunca fosse gorda).

As pessoas começaram a observar e comentar comigo que eu estava com Anorexia. Aí foi só piorando.
Comecei a parar d tomar café, depois jantar, depois almoçar, e por fim comia um biscoito por dia.

Se eu comesse mais ficava complexada e me batia toda.
Meus pais ficaram desesperados. Minha família entrou em choque.
Comecei a fazer tratamento com Endocrinologista e Psiquiatra.

Fiquei 10 dias internada. No início pesava 40 Kg. Cheguei a pesar 25 Kg.
Não tinha mais vontade de sair aprontar.
Custava a ir pra escola. Meus amigos se afastaram de mim.
Eu ficava o dia inteiro deitada sem comer nada chorando.

Até que um dia me olhei no espelho e me enxerguei como uma caveira.
Fiquei chocada e percebi que eu tinha que mudar, graças à minha Endocrinologista, que me fez enxergar.
Agora, em dois meses já estou pesando 38 Kg.

Às vezes eu como sem parar, mas quando vem a culpa tiro ela da minha cabeça e tento ocupar meu tempo com outras coisas.

Gostaria de ajudar a quem está precisando. Pois eu sei que não é nada fácil sair dessa!

3) Comecei a me achar gorda demais, me olho no espelho e o que vejo é um abdome enorme!

Depoimento:

Tenho 17 anos, 1, 65 metros e aproximadamente 49 quilos. Há dois anos era modelo, mas passei a comer mais do que devia, e todos sabem que nessa carreira em hipótese alguma pode estar acima do peso.

Então me lembrei de um filme que vi em certa ocasião que justamente falava sobre Bulimia e Anorexia. Até aí nem sabia que essas doenças existiam.
Mas no filme as protagonistas forçavam o vômito e paravam de comer.

Então passei a achar que aquelas duas alternativas eram a solução de meu problema. Passei uma semana comendo e vomitando sendo que às vezes nem engolia, eu já tinha um recipiente ao lado para eu mastigar e cuspir (nojento não?! Mais aposto, que quantas fizeram isso sem ninguém saber heim!?!).

Em cinco dias consegui emagrecer 5 quilos, para mim foi a fórmula de dieta mais eficaz que vi até hoje, mas deixa muitas seqüelas.
Como a culpa de comer a sensação de impotência diante da comida etc.

Bem, mas depois dessa semana, fiquei um ano sem ter tido essa vontade de comer para depois vomitar, talvez porque uma época comecei a achar muito trabalho forçar para vomitar.
Mas nessa semana comecei a me achar gorda demais, me olho no espelho e o que vejo é um abdome enorme!

Só isso que vejo e nada mais, embora todos digam que estou magérrima, que não tenho onde mais emagrecer, pois, me acham magra demais. Maas eu não!

Estou gorda e pronto!

Comecei novamente a forçar o vômito, para me sentir melhor e com menos culpa, a cada refeição feita, o banheiro é minha próxima parada.
Apesar do tempo não ninguém que saiba do meu problema, a não ser meu noivo que me ameaçou de voltar a fumar se eu voltasse a ter esse problema, que segundo ele é besteira!

Mas não consigo contar para ninguém porque sei que não vou conseguir parar, é muito difícil, a culpa de comer e é maravilhosa a sensação de sentir o estômago vazio, tirando a péssima sensação de fome mais.
Ah! Não sei, não consigo aceitar a idéia de que isso é grave e não tenho com quem contar também, para terem uma idéia ontem acabei de jantar e logo falei que ia para o banho, só que meu noivo desconfiado ligou a luz de fora e ficou perto da janela do banheiro pensando que eu iria direto para o vaso sanitário vomitar.

Errado, eu liguei o chuveiro entrei fechei o box, sabendo que ele estava me vigiando, disfarcei e vomitei dentro do box, no ralo do banheiro, então quer dizer até eu fiquei impressionada comigo mesma.
Mas como ia dizendo não consigo aceitar a idéia de que posso realmente ter Bulimia, sendo que li alguns relatos e a idéia não aceitar a doença é só dos que tem Anorexia.

Minha pergunta é com as informações que dei de mim a vocês, quero a confirmação se sofro ou não sofro de Bulimia e se pode também com a minha não aceitação eu sofrer de Anorexia.
Também queria saber por que sinto dor no estômago até quando vou comer algo nem que seja um pedaço minúsculo quase invisível se carne ou qualquer coisa parecida, até com meio gole da água mesmo e porque cessa a minha dor após o vômito, e mais ou menos umas quatro horas depois volta, queria saber se dores de cabeça consecutivas sendo que nunca as tive, são um sinal dessas doenças e insônia também, mau humor, depressão.

E queria saber se é melhor não escovar os dentes para não descalcificá-los como fico se uso aparelho fixo nos dentes e também queria saber de uma pergunta que tem no site não respondida que é se eu vomitar eu perco todas as calorias ou não e quando tempo o nosso corpo começa a absorvê-las?

Sobre o site- conheci através da busca pelo site da Globo. Com, mas confesso que pelo mais conhecidos como Terra, UOL. Não foi possível estava até desistindo depois de três dias procurando sobre esses dois assuntos. Mas enfim consegui achei já conheço um pouco mais agora só aguardo a respostas que tanto preciso.

O site é maravilhoso além de podermos tirar nossas dúvidas tem tudo o que precisamos saber.

Continuem esse trabalho, pois ajudou e vai continuar a ajudando pessoas como eu e tantas outras a viver o mais intensamente possível.

4) Já cheguei a ficar sem comer durante três dias, só comia gelatina.

Depoimento:

Tenho 22 anos e sofro de distúrbio alimentar desde os 17 anos, eu provoco o vômito. Cheguei a pesar 28 kg, achei q estava linda ate começar a ter vários problemas, parei de menstruar durante 3 meses.

Fui várias vezes ao hospital sem ter consciência nenhuma...
Mas não conseguia perceber que tinha algo errado comigo. Até q um dia comprei uma revista q tinha uma matéria da Xuxa, e lendo a revista tinha uma parte que falava sobre a Anorexia e Bulimia...

Li mas não achei que tinha isso, que tudo ia passar, mas não passou, comecei a vestir duas calças pra ninguém percebe como estava magra, mas ninguém percebeu mesmo...
Até que conheci um cara quando tinha acabado de completar 22 anos, ele me ajudou muito descobriu o que tinha e me liga sempre depois que almoçava e ficava conversando comigo, até que Deus levou ele de mim...

E voltei tudo de novo só que pior pois olho as calorias, calculo pra comer 500 calorias no máximo.
Já cheguei a ficar sem comer durante três dias... Só comia gelatina...

Não estava agüentando mais pois tinha prometido pra ele que ia parar com isso resolvi procurar ajuda e contei tudo pra minha irmã...
Pois não agüentava mas as dores nos ossos, muita dor de cabeça, tontura e vomitava tudo que comia.
Fui procurar ajuda com uma Psicóloga, que me ajuda muito ela é um anjo, conto tudo pra ela, pois quero melhorar, não quero morrer. Quero mostrar pra ele que esteja onde ele estiver que eu venci que pelo amor que tenho por ele que vou melhorar.

Às vezes penso em desistir, pois pra mim é muito ruim ter que comer, é um sacrifício...
Hoje não, tenho consciência de tudo me acho gorda, e tenho pavor de engordar, só de pensar me dá vontade de vomitar...

Espero um dia volta aqui e escrever que estou curada...
Mas hoje estou em tratamento c/psicólogo, psiquiatra, nutricionista sei que tudo depende de mim, mas e tão difícil...

Tenho fé que vou melhorar.

© 2020 por mentalhelp