Ritalina não é tudo

Ritalina não é tudo

Sem MOTIVAÇÃO o paciente pode tratar o Déficit de Atenção (DDA ou TDAH) com terapia, remédios, coaching, leituras, mas nada vai mudar.

Muitas vezes a criança toma os remédios, mas as notas não melhoram. O adulto toma, mas o rendimento no trabalho não muda.

Os remédios são muito úteis, mas eles não estudam, não fazem lição de casa, não acordam cedo nem arrumam suas coisas. O que eles fazem é ajudar muito você fazer tudo isso.

O nome da página é "Ritalina não é tudo" porque Ritalina é o medicamento à base de Metilfenidato mais conhecido, mas não é o único.

Os remédios para TDAH são como "óculos para o cérebro".

A Ritalina, Ritalina LA, Concerta e Venvanse facilitam a leitura, concentração, organização, etc. Se o paciente vai usar a capacidade melhorada para estudar, trabalhar, produzir, depende dele e de sua família.

Para os DDAs desatentos e desconcentrados, a mudança pode ser muito rápida, logo nos primeiros dias tomando a Ritalina. As aulas ficam mais interessantes e melhora a convivência com colegas e professores.

Para os impulsivos e hiperativos, a melhora pode ser mais lenta.

Adultos (principalmente os hiperativos/impulsivos) melhoram mais devagar. Hábitos adquiridos durante décadas não desaparecem de repente.

 

Como melhorar a motivação de pessoas com TDAH?

· Leituras, por exemplo, "Tendência à Distração", de Edward Hallowell, "No Mundo da Lua", de Paulo Mattos, "Hiperatividade, Como Lidar?", de Abram Topcewsky, "Levados da Breca", de Marco Arruda.

· Psicopedagogia para crianças com dificuldades escolares.

· Atenção e dedicação redobrada por parte dos pais. A mãe estuda com a criança?

· A mulher ajuda o marido a organizar a agenda?

· Terapias especializadas em DDA ou TDAH (mais para o lado do Coaching, não psicanálise!) melhoram a autoestima e ajudam a criar hábitos mais disciplinados e produtivos.

· Ter sempre bloquinhos de lembretes e caneta. Assim você não esquece mais uma daquelas idéias geniais que aparecem na hora errada.

· Agendas eletrônicas, Relógios com alarmes múltiplos.

 

Existem vários remédios, por exemplo, Ritalina (Metilfenidato), Ritalina LA, Concerta (Metilfenidato Oros), Venvanse (Lisdextroanfetamina), Pamelor (Nortriptilina), Tofranil (Imipramina), Wellbutrin SR, Wellbutrin XL, Zyban, Zetron, Bup (Bupropiona), Atensina (Clonidina), etc. As pessoas precisam de remédios, doses e horários diferentes e às vezes até mesmo combinações. Não existe nenhuma receita única para todos os pacientes.

 

Perguntas e Respostas sobre tratamento de Déficit de Atenção (DDA ou TDAH ou Hiperatividade) em adultos

Perguntas e Respostas sobre tratamento de Déficit de Atenção (DDA ou TDAH ou Hiperatividade) crianças

Depoimentos de portadores de Déficit de Atenção (DDA ou TDAH ou Hiperatividade)