Síndrome das Pernas Inquietas

Tratar Pernas Inquietas

Síndrome das Perna Inquietas, Síndrome das Pernas Intranqüilas, Restlesslegs ou Síndrome de Ekbom

Sintomas da Síndrome das Pernas Inquietas:

  • Necessidade de mover as pernas, com sensações desconfortáveis de queimação, dormência, formigamento, coceira, cãibras, dores, repuxamentos.
  • Alívio parcial ou total do desconforto ao andar, movimentar ou alongar as pernas.
  • Início ou piora dos sintomas quando em repouso ou inatividade (sentada ou deitada).
  • Início ou piora no final do dia ou à noite.
  • Cansaço e sonolência durante o dia (o sono não é reparador).

 

Causas mais freqüentes da Síndrome das Pernas Inquietas:

  • Stress, ansiedade, preocupações
  • Gravidez
  • Obesidade
  • Anemia
  • Insuficiência renal
  • Aumento de Uréia
  • Doença de Parkinson
  • Neuropatia periférica
  • Mais parentes com a mesma síndrome
  • Alguns Antidepressivos, principalmente os Inibidores de recaptação de Serotonina (Anafranil, Aropax, Cebrilin, Pondera, Paxan, Cipramil, Prometax, Lexapro, Daforin, Eufor, Luvox, Prozac, Tolrest, Verotina, Zoloft, etc.) e o Efexor ou Venlift (Venlafaxina)
  • Neurolépticos
  • Outros Distúrbios do Sono (por exemplo Apnéia do Sono, Distúrbios do Sono REM, Narcolepsia)

 

Tratamento da Síndrome das Pernas Inquietas:

  • Eliminar as causas, quando possível.
  • Trocar o medicamento que está provocando as Pernas Inquietas.
  • Medicação específica.
  • A melhora costuma vir muito rápido, coisa de poucos dias. É um problema de tratamento bastante fácil na maioria das vezes.

 

Perguntas e Respostas sobre tratamento Insonia, Sonolência Excessiva Diurna, Narcolepsia, Pernas Inquietas, Paralisia do Sono, Apneia do Sono

Depoimentos de portadores de Insonia, Sonolência Excessiva Diurna, Narcolepsia, Pernas Inquietas, Paralisia do Sono, Apneia do Sono