Perguntas e Respostas: 

Síndrome do Pânico ou Transtorno do Pânico

1) Tratamento de Pânico com Lexapro, Reconter, Exodus, Esc, Escilex, Espran, Eudok, Deciprax, Eficentus, Escitalopram, Felissa, Lesdot, Mind, Remis, Scitalax, Unitram.

Pergunta 1:

Olá doutor! Tive uma crise de ansiedade muito forte que acabei entrando com o pânico, fui a psiquiatra e ela me receito Reconter com 10 mg. Ao passar 1 mês retornei e avisei a ela que obtive alguma melhora, mas ainda não me sinto 100%. Então, ela me receitou Rivotril antes de dormir. É normal o Reconter em 1 mês não ter feito todo o efeito? Vejo pessoas falando que em 15 dias já se sentem ótimas! Obrigado

Resposta:

Realmente, muitos pacientes sentem melhora da ansiedade com 15 dias de Lexapro, mas nem todos. Às vezes o paciente precisa dose maior, às vezes precisa terapia junto, além disso o Reconter, como qualquer medicamento, não serve para todo mundo.


Pergunta 2:

Estou fazendo o uso do Reconter 20 gotas ao dia e Stilnox 10 mg para dormir. Só que de uns tempos pra cá tenho ficado muito agitada, ansiosa e já tive uns 3 ataques de pânico do nada. Nesses momentos tomei o Stilnox e me acalmou, porem passei a fazer uso contínuo dessa medicação porque sinto que o Reconter associado com o Stilnox me faz bem e fico tranquila.

Porém acho que não seja a forma mais adequada de ministrar essa medicação, sendo que a função dele é pra uso de quem tem insônia. Qual remédio seria ideal para associar ao Reconter que possa me dar mesma sensação de tranquilidade que o Stilnox?

Resposta:

Realmente, não tem sentido você melhorar do Pânico com uso contínuo de Stilnox, porque ainda vai ficar dependente dele.

Peça para seu Psiquiatra mudar o Reconter ou aumentar a dose. Também discuta com ele uma Psicoterapia seria útil para você


Pergunta 3:

Doutor, tomo Exodus 10 mg há 2 anos. No último mês minhas crises de pânico voltaram e a psiquiatra aumentou para 15 mg. Tomei por 17 dias, mas não suportei os efeitos colaterais.

Voltei para os 10 mg, mas os efeitos ainda continuam. Tem 6 dias que voltei para os 10 mg. É normal? Esses efeitos demoram para passar? Muito obrigada!

Resposta:

Com tantas opções de medicamentos para tratar Transtorno do Pânico, fora a questão da Terapia, se você teve recaída com a mesma dose de Exodus (Escitalopram, Reconter, Lexapro) que tomava por dois anos e depois não tolerou a dose maior, porque não trocar de medicamento?


Pergunta 4:

Olá, doutor! Estou fazendo uso do Reconter gotas, para tratar a Síndrome do Pânico, comecei gradativamente e agora o médico aumentou a dosagem de 20 gotas para 25 gotas, (porque durante o tratamento que já vai para três meses, tive algumas leves crises) e me preocupei, pois li na bula que o máximo é 20 gotas. Obrigada.

Resposta:

Muitos pacientes precisam mais de 20 gotas (20 mg) de Reconter (Escitalopram, Lexapro) mesmo. Não havendo efeitos colaterais e tendo boa eficácia, geralmente não tem problema.


Pergunta 5:

Faço uso de Escitalopram há mais de um ano pra resolver crises de Pânico e Depressão e fiz exames hormonais que apresentaram um ACTH maior que 400, porém Cortisol normal.

Gostaria de saber se o uso desse medicamento pode causar essa alteração? Obrigado.

Resposta:

Não, o Escitalopram (Lexapro, Reconter, Esc), etc. não aumenta o ACTH. Investigue com um Endocrinologista


Pergunta 6:

Tive meu primeiro Ataque de Pânico aos 22 anos. Comecei a tomar Lexapro 10 mg e Rivotril 0,5 mg. Tomei por longos períodos, com pouco acompanhamento psiquiátrico. Acabei deixando a medicação do Lexapro por um tempo, sem maiores prejuízos, tomando apenas Rivotril. Senti falta dela neste ano e voltei a tomar.

Porém, há poucos meses, não consegui mais o Lexapro e estou tomando Reconter 15 mg. Com a mudança para o Reconter, me sinto com vários sintomas de Pânico. Isso pode acontecer?

Resposta:

O Reconter é de excelente qualidade e geralmente os pacientes mudam de Lexapro para Reconter e vice versa sem problemas, mas algumas pessoas notam diferença na eficácia sim. O Lexapro tem um programa de desconto, que torna ele bem mais barato que o preço “de tabela”.


Pergunta 7:

Olá querido, estou surpresa com os milhares de declarações deste site, é impressionante o número de pessoas que passam por este transtorno, mas a maioria tem medo e vergonha de comentar no dia a dia.

Gostaria de saber sua opinião sobre o Lexapro, para tratar Síndrome do Pânico e o Alprazolam durante as crises mais fortes, pois já fiquei afastada do trabalho por um tempo e não quero mais, gostaria de continuar trabalhando e me tratando e se para isso o Escitalopram funcionaria sem muitos efeitos colaterais, já o tomei por cinco meses, mas resolvi parar, pois achava que estava bem, grande engano, agora as crises voltaram e muito mais fortes.

Tenho 28 anos, sou mãe de uma filha de 1 ano e oito meses, sou, quero continuar a ter uma vida normal, pode me ajudar em relação à medicação?

Parabéns pelo site, ajuda muito as pessoas que não tem muito conhecimento sobre a doença! Obrigado e sucesso.

Resposta:

Lexapro e Alprazolam (Apraz, Frontal) são ótimas opções, mas não quer dizer que são bons para todo mundo.


Pergunta 8:

Boa tarde Dr. Rubens Pitliuk, tenho Síndrome do Pânico com todos os sintomas já citados anteriormente, estou tomando Exodus a mais ou menos uns 20 dias e ainda sinto os sintomas, mais amenos, mas ainda sinto. Isso é normal?

Resposta:

Você já deveria ter melhorado. Teu Psiquiatra provavelmente irá trocar de remédio e/ou recomendar uma Psicoterapia.


Pergunta 9:

Tenho Pânico e Depressão, tomo 30 mg de Lexapro e mesmo assim não me sinto 100 %. O remédio me deixa sem atenção, meio lerdo de tudo e não destrói a ansiedade. O estranho é que quando tomo Rivotril, a ansiedade passa, minha concentração aumenta e o humor dá uma revigorada também.

Andei pesquisando sobre isso, qual o motivo? O impulso neuronal é retardado o que permite a recomposição do estoque de Serotonina? Tenho receio de ficar dependente do Rivotril, a Trazodona poderia substitui-lo nesse papel?

E quanto à associação de Ritalina, ela é ruim para quem sofre de ansiedade ou pode haver casos em que há melhora?

Resposta:

Pelo jeito essa dose alta de Lexapro não está funcionando. Melhorar com Rivotril é muito comum, o problema é que ele não serve para uso prolongado. Peça para teu médico trocar de Antidepressivo ou associar TCC (Terapia Cognitivo Comportamental).

A Ritalina pode sim piorar a ansiedade. E já que você tem essa melhora tão grande com Rivotril, reavaliem se é mesmo uma Depressão ou um problema de ansiedade muito forte.


Pergunta 10:

Olá, doutores! Eu tenho Síndrome do Pânico há mais de dez anos e faço acompanhamento psiquiátrico. Tomo 15 mg de Escitalopram (Lexapro, Reconter) e 0,5 mg de Rivotril.

Também faço TCC (Terapia Cognitivo Comportamental) quinzenalmente. Estou com vontade de engravidar, mas me sinto insegura, com milhões de pensamento antecipatórios e negativos.

Será que posso engravidar tomando algum remédio? Pois não consigo me ver livre deles.
E o pior é que me sinto inferior por não conseguir realizar determinadas coisas como engravidar, dirigir... Aguardo a resposta.

Resposta:

Desculpe, mas depois de 10 anos de tratamento você ainda sente esses sintomas todos? Acho que você deveria sentar com teu Psiquiatra e reavaliar todo o tratamento. Claro que pode engravidar tratando, é só tomar os remédios aprovados para serem usados na gravidez.


Pergunta 11:

Olá, tive Síndrome do Pânico há um ano e meio e tratei com Exodus 20 mg. Melhorei. Porém, agora estou com Depressão.

Meu médico associou Wellbutrin por eu relatar fadiga. Depois de 1,5 mês não tive muita melhora e ele associou Pristiq 100 mg ao Escitalopram 20 mg.
Agora que relatei a ele que estou tendo ejaculação precoce, ele me pediu para trocar o Exodus por Pondera 30 mg. É uma combinação boa?

Pristiq com Pondera? Ou melhor, Wellbutrin e Pondera? Queria o melhor resultado para Depressão com fadiga e ejaculação precoce. Obrigado!

Resposta:

Vamos lá. Exodus e Escitalopram são a mesma coisa (como Lexapro, Reconter). Ele é bom mesmo para ansiedade, Pânico e também funciona em ejaculação precoce.

Wellbutrin (ou Bupropiona, Bup, Zyban, Zetron) realmente é um Antidepressivo que ajuda muito na fadiga, mas não melhora a ejaculação precoce. A maioria das pessoas precisa 300 mg por dia.
O Pondera é a Paroxetina (Aropax. Paxil CR, Praxetina, Cebrilin, etc.) Excelente para ansiedade, Pânico, ejaculação precoce e Depressão.

Pristiq também, e é mais ativador do que o Escitalopram e a Paroxetina. Concluindo, é uma série de remédios bons e eficazes.
O problema é que nem sempre precisa fazer combinações para ter um resultado bom que resolva todos esses problemas.

Mas não seria ético eu recomendar qual é o teu tratamento ideal específico para teu caso. Não conheço detalhes do seu problema e acredito que teu Psiquiatra deve ter os motivos dele para sugerir essas combinações.

2) Tratamento de Pânico com Anafranil, Clomipramina, Clo.

Pergunta 1:

Dr. Rubens Pitliuk, tive diagnóstico de Síndrome do Pânico há quinze anos e fazia tratamento com Anafranil, que, para mim, é o que há de melhor. Há três meses troquei de Psiquiatra e este, é totalmente contra o uso desse medicamento, pois gosta mais dos modernos; ele me tirou Anafranil, tentou usar Bup e agora Assert.
Antes com Anafranil, só ele me bastava, agora me vejo tomando, além do Assert, o Frontal, e comecei apresentar crises de pressão alta. Quero meu Anafranil e minha vida normal de volta...

Resposta:

E você tem toda razão!

Bup (Bupropiona, Wellbutrin SR, Wellbutrin XL, Zetron) é um Antidepressivo Dopaminérgico e ativador que pode piorar a ansiedade e o Pânico.
Assert (Sertralina, Zoloft, Tolrest, etc) é um Antidepressivo Serotoninérgico muito bom para tratar Pânico, mas não quer dizer que seja melhor que o Anafranil.
Remédio moderno não quer dizer remédio melhor.
Se você estava bem com Anafranil e sem efeitos colaterais desagradáveis, não existe nenhum motivo para trocar por remédio “mais moderno”.


Pergunta 2:

Boa noite, tenho Síndrome do Pânico e o meu psiquiatra me recomendou Clomipramina (Anafranil) de 10 mg, ele mandou que eu tomasse pela manhã, porém faço uso de Losartana 50 mg e Vaslip 10 mg. Gostaria de saber se pode ocorrer algum problema tomando junto com essas medicações.
Resposta:
Geralmente não há problema, mas siga a orientação do teu médico.


Pergunta 3:

Estou tomando Anafranil 150 mg já faz 20 dias e tenho tido ataques de ansiedade freqüentemente e todos os dias. Estou tomando Rivotril para amenizar essa piora inicial.
Queria saber se o Anafranil demora muito para fazer efeito ou então ele não está sendo eficiente no tratamento do Pânico, pois parece que estou piorando.

Devo esperar mais um pouco ou trocar de remédio?

Resposta:

20 dias já era tempo suficiente para o Anafranil funcionar. 20 dias não é mais Piora Inicial.
Provavelmente o Anafranil não é o remédio ideal para tua Síndrome do Pânico.


Pergunta 4:

Dr. Rubens Pitliuk, gostaria de saber se os remédios usados no tratamento do Pânico (Rivotril, Anafranil, etc.) causam diminuição do poder de raciocinar transitória ou permanentemente, e se também causam aumento de peso. Grato pela atenção.

Resposta:

Não deveriam ter esses efeitos colaterais nem transitória nem permanentemente.
O Anafranil depois de muitos meses ou anos de uso, em doses altas, de mais de 75 mg pode às vezes provocar ganho de peso.

3) Tratamento de Pânico com Amitriptilina, Protanol, Tryptanol

Pergunta 1:

Comecei a ter Síndrome do Pânico desde que minha mãe cortou abruptamente o meu uso de Alprazolam e eu tive varias crises de Pânico em casa. Voltei a tomar Alprazolam novamente por um tempo junto com Amitriptilina.

Desde Abril venho tomando Amitriptilina e a melhora que senti foi não acordar mais com medo e mudei para o Clonazepam devido a ser usado para as mesmas coisas que o Alprazolam só que sendo mais barato.

O Alprazolam funcionava melhor mais a meia vida era tão curta que eu tinha que renovar a dose de 4 em 4 horas com o Clonazepam eu não me sinto tão bem, da um pouco de vertigem e depressão mais o efeito dura mais.

Minha pergunta é se o Amytril não deveria estar fazendo efeito com quase 3 meses que tomo e o Clonazepam e mais fraco que o Alprazolam ou não funciona tão bem por que fiquei viciada no Alprazolam?


Resposta:

Tanto o Clonazepam (Rivotril) quanto o Alprazolam (Frontal, Apraz) são provisórios no tratamento do Pânico.

O principal, além, da Psicoterapia é o Antidepressivo. Acontece que a Amitriptilina não é Antidepressivo de primeira escolha no tratamento de Síndrome do Pânico.
Você já toma a Amitriptilina há 3 meses sem efeito, é muito tempo!


Pergunta 2:

Boa noite! Em primeiro lugar, gostaria de das os parabéns ao site, pois me ajudou muito na decisão de procurar um tratamento com um Psiquiatra. Comecei um tratamento com um médico que me receitou uma fórmula com os seguintes medicamentos: 50 mg de Triptofano, 0,75 mg de Clonazepam e 13 mg de Amitriptilina.

Eu estava com problemas para dormir, ideias fixas, crise de Pânico que faziam meu corpo tremer, meu coração disparar, ao ponto de eu achar que estava morrendo. Essas crises apareciam à noite ao me deitar, por isso, o médico pediu que eu tomasse a medicação todos os dias às 20 horas.
Comecei a tomar a medicação e logo nos primeiros dias o foi resultado foi muito rápido e eu melhorei muito. Não pude continuar o tratamento com esses médicos, pois estou desempregado e não pude pagar.

Tenho plano de saúde e encontrei um centro de tratamento muito bom. Gostei muito da Psiquiatra e ela recomendou que eu tirasse o Clonazepam, o Triptofano e tomasse apenas os 13 mg de Amitriptilina todos os dias às 8 horas.
Comecei há poucos dias tomar a medicação sozinha e as crises voltaram muito fortes. Não consegui ainda me comunicar com a Psiquiatra para relatar isso.

A minhas questões são: qual a sua opinião sobre medicamentos manipulados? E se essa formula realmente é eficaz para o tratamento de Pânico? Agradeço desde já a atenção.

Resposta:

Minha impressão: Triptofano não costuma ter utilidade no tratamento da Síndrome do Pânico. Amitriptilina (Tryptanol, Amitryl, Protanol) também não.

Clonazepam (Rivotril) funciona bem, mas geralmente ele é dado só no começo do tratamento, que depois segue com outro tipo de Antidepressivo mais Psicoterapia.
Portanto, você piorou não porque a Amitriptilina foi manipulada, mas porque quem estava funcionando era o Clonazepam (Rivotril).


Pergunta 3:

Bem, eu estava tomando Amitriptilina com Bromazepam há 2 anos e alguns meses, mas mesmo assim continuava com as crises. Fui a outro Psiquiatra e ele me pediu para suspender a Amitriptilina e o Lexotan e passar a tomar Fluoxetina (10 mg) pela manhã e Rivotril 0,5 mg à noite.

Tenho sentindo a cabeça pesada às vezes e um pouco de falta de apetite. É normal? E quanto a parar a Amitriptilina e o Bromazepam de vez não tem problema?

Resposta:

Amitriptilina não era bom para Síndrome do Pânico mesmo. Fluoxetina (Prozac, Verotina) costuma ser eficaz. Talvez você sinta um pouco de abstinência se parar o Lexotan de repente, mas vai passar.

4) Tratamento de Pânico com Citalopram, Procimax, Citta

Pergunta 1:

Boa tarde. Tomava Pondera de 15 mg há 6 anos devido a uma Síndrome do Pânico no passado e agora do nada comecei a sentir sintomas ansiosos como calafrios no estômago e tonturas. Achei que fosse por conta da medicação e parei de usar. Entretanto, passados 40 dias fiquei muito mal com piora da tontura e mal estar. Retomei novamente o uso mas agora com uma nova medicação (Citalopram 20mg) e estou há 7 dias tomando mas hoje os sintomas ansiosos voltaram com o mesmos calafrios de antes com muito mal estar. Esses efeitos podem estar relacionados a dose baixa da medicação?

Resposta:

Pode ser Piora Inicial.
Pode ser que o Citalopram não funcione tão bem quanto a Paroxetina para você.
Pode ser que a disse seja baixa.
Pode ser que você precise algum tratamento adicional como Terapia ou Técnicas de relaxamento além da medicação.


Pergunta 2:

Boa noite Dr. Rubens Pitliuk! Sofro de TAG e Síndrome do Pânico. Estou pela primeira vez fazendo acompanhamento com psiquiatra e me foi receitada uma fórmula em gotas de Citalopram e Clonazepam juntos! No mesmo vidro!

Estou com receio de tomar, porque sempre soube que o antidepressivo é separado do ansiolíticos. É seguro tomar?

Resposta:

Tanto o Citalopram quanto o Clonazepam (Rivotril) são seguros e ambos são usados para tratar Síndrome do Pânico, ou Transtorno do Pânico.

Mas é estranho essa combinação deles juntos “no mesmo vidro”.
Não sabia que existe Clonazepam e Citalopram em gotas de manipulação.
Mas, mesmo que exista, não gosto de ter os dois remédios juntos numa fórmula porque dessa forma não é possível ajustar as doses de cada um individualmente.


Pergunta 3:

Estou em tratamento para Ansiedade e Síndrome do Pânico há 5 anos e há 1 ano tomo Procimax 20 mg de manhã e Rivotril de 1 mg ao deitar. Estou ótima, apesar de quando sujeita a alguma situação difícil, surgir um comecinho de Pânico que logo passa com o Rivotril 0,25.

Vou viajar e tentei falar com minha médica que também está viajando. Gostaria de saber se mesmo tomando o Procimax pela manhã, se tiver uma situação de Pânico logo cedo posso tomar o Rivotril (perto do Procimax).

Resposta:

Teu Psiquiatra decide, mas provavelmente sim.


Pergunta 4:

Apenas o uso de Citalopram é suficiente para tratar da Síndrome do Pânico? Depois de quanto tempo após o início do tratamento o paciente sente melhora?

Resposta:

Citalopram (Procimax, Cipramil, Cittá) é um bom Antidepressivo para tratar Pânico, mas se ele é suficiente, depende de muitos fatores que você pode ler nas páginas de Ansiedade e Pânico. Caso ele seja adequado e esteja na dose certa, 15 a 20 dias.


Pergunta 5:

Gostaria de saber qual das substâncias abaixo é a mais fraca, ou melhor, qual deveria ser prescrita para um tipo de Síndrome do Pânico mais leve? Qual a mais moderna? Quais os principais efeitos colaterais de cada uma delas? Fluoxetina, Citalopram

Resposta:

Não existe essa classificação nem comparação nem regra absoluta. Cada pessoa tem o seu remédio ideal.

5) Tratamento de Pânico com Rivotril

Pergunta 1:

Dr. Rubens Pitliuk, uma médica do me receitou Rivotril 0,25 mg, toda noite. Na primeira semana até deu certo mas depois todo dia o dia todo sinto falta de ar.

É um pesadelo, minha vida acabou, o pior é que como é pelo SUS ela pediu pra eu retornar 2 meses depois e passou exames para a tireoide.

Falei pra ela da falta de ar, imagino que esses exames sejam por isso, ainda falta 1 mês pra voltar lá e sinto muita falta de ar. Me dê dicas, me ajude! Meu caso tem cura? Socorro!

Resposta:

Não podemos interferir no tratamento, mas podemos fazer algumas considerações:

0,25 mg de Rivotril uma vez por dia costuma ser dose insuficiente para a maioria dos pacientes.
O Rivotril não age durante 24 horas, Rivotril funciona por 6 a 8 horas. Como você está apresentando sintomas durante o dia, provavelmente a dose que você toma à noite não funciona o dia todo.
Claro que teu Pânico vai curar, leia as páginas sobre Síndrome do Pânico e Perguntas e Respostas sobre tratamento de Pânico.

Sugestão: telefone para a médica e pergunte se você pode tomar o Rivotril mais vezes por dia até a próxima consulta.


Pergunta 2:

Olá!!! Tenho uma pergunta para fazer. Eu faço tratamento há 5 anos, por medo de trabalhar fora de casa ,mais aí vem o problema: eu quero trabalhar fora de casa e isso já esta me deixando doida, porque não consigo ficar no trabalho mais que 3 dias.

Começa a me dar aqueles sintomas horríveis que eu nem gosto de falar e tomo Rivotril 2 mg. Tomo 2 comprimidos à noite (4 mg) e para mim é como fosse nada.

Por favor, me ajude, pois estou em crise e quero melhorar.

Resposta:

Em primeiro lugar, o Rivotril não funciona 24 horas, portanto mesmo que você tome vários mg ao deitar, eles não te protegerão do Pânico durante todo o dia seguinte.

Em segundo lugar, porque não associou Psicoterapia e Antidepressivo?


Pergunta 3:

Me trato há mais ou menos 15 dias com Rivotril porque minha Cardiologista disse que tenho Síndrome do Pânico, minha dose é de 0,5 mg duas vezes ao dia será que esta falta de ar e este mal estar pode sumir em quanto tempo, já vi melhoras e muito, hoje consigo dormir e pensar já me controlo mais, mas ainda sinto um pouco de Pânico ainda como esta falta de ar constante que me persegue.

Resposta:

Rivotril é extremamente rápido. Quando ele está bem indicado e na dose certa para determinado paciente, os sintomas têm que desaparecer em bem menos que 15 dias.

Se você ainda não está bom, precisa rever teu tratamento, inclusive se você está tratando com a especialidade certa. Quem trata Síndrome do Pânico geralmente é Psiquiatra e não Cardiologista.


Pergunta 4:

Sofro de Síndrome do Pânico há dois anos e agora mudei de Psiquiatra que alterou minha medicação de Zetron para Procimax, este medicamento é bom, e seu uso com Rivotril é recomendado? Obrigada.

Resposta:

Sim, o Procimax e o Rivotril funcionam em Pânico muito melhor que o Zetron. Procimax é o Citalopram, que é um Antidepressivo bem ansiolítico (que baixa a Ansiedade), enquanto o Zetron é a Bupropiona (Wellbutrin SR, Wellbutrin XL, Bup), um Antidepressivo estimulante que pode até mesmo piorar Ansiedade.

© 2020 por mentalhelp