Estimulação Magnética em São Paulo

Pergunta 1: 

Fui diagnosticado com Transtorno Afetivo Bipolar, iniciei o tratamento com Depakote ER e Lexapro. Depois de seis meses mantivemos apenas o Depakote ER. Porém nas últimas seis semanas tenho sentido grandes depressões, aumento de pensamentos suicidas, confusão mental e simplesmente abandonei meu trabalho há três semanas.

Mantenho-me isolado em meu quarto. 

Pode ser efeito de descontinuidade do antidepressivo? 

Pode ser que ao invés de Transtorno Afetivo Bipolar seja somente depressão?

Estimulação Magnética Transcraniana, seria útil em Transtorno Bipolar?

Resposta:

Pelo que você escreve, o Depakote não está sendo um bom Estabilizador de Humor para você.

Converse com teu médico sobre outras opções.

Uma delas pode ser a Estimulação Magnética Transcraniana, útil no tratamento de manutenção de Transtorno Bipolar, mas provavelmente com alguma medicação. 

 

Pergunta 2:

A Estimulação Magnética Transcraniana, poderá trazer bons resultados, mesmo o paciente já tendo depressão crônica a mais de 23 anos, onde a medicação não parece fazer mais efeito?

Resposta:

A Estimulação Magnética Transcraniana é exatamente indicada para os quadros resistentes a medicamentos. É comum tratarmos pacientes com 20 a 30 anos de evolução da doença que se beneficiam muito com o tratamento.

Fico à disposição para demais esclarecimentos. Dr. Roni Cohen