Estimulação Magnética em São Paulo

Pergunta: 

Em casos de Ansiedade e Pânico, a Estimulação Magnética Transcraniana deve ser feita em alta ou baixa freqüência?

Tive pânico e hoje tenho crises de ansiedade, fiz 15 sessões de Estimulação Magnética Transcraniana e piorei demais, inclusive tive que voltar a tomar Paroxetina e Frontal, porque será que a Estimulação Magnética Transcraniana me fez tão mal?

Resposta:

Para quadros de Pânico e Ansiedade deve-se utilizar a Estimulação Magnética Transcraniana de baixa freqüência (lenta= 1hz) no Córtex pré-Frontal Dorso Lateral Direito, salvo casos excepcionais que devem ser avaliados de acordo com a assimetria inter-hemisférica bilateral.

Além disso, outro fenômeno vastamente observado em nossa prática com a técnica, a intensidade deve ser ao redor de 60 a 80 % do limiar motor, pois há risco de, mesmo com baixa freqüência, induzir a aumento de ansiedade caso se aplique 100 % do lm tal como se faz na depressão. A Estimulação Magnética Transcraniana de alta freqüência tende a agravar quadros de pânico e ansiedade, especialmente se aplicada com a intensidade de 100 % (como é feito na maioria dos serviços com menor experiência na área).

Dr. Roni Cohen.