Tratar Apneia do Sono

Atualizado: Set 30


Apneia do Sono piora tudo e simula Depressão
Muitas pessoa achem que sofrem de Depressão mas o problema é Apneia do Sono.



Muitas pessoas procuram psiquiatras achando que sofrem de Depressão, falta de memória, cansaço, sono durante o dia ou "esgotamento" quando na verdade o problema é a Apneia do Sono.


Sintomas da Apneia do Sono:

  • Acordar cansado.

  • Cansaço durante o dia.

  • Sonolência Excessiva Diurna.

  • Falhas de memória.

  • Irritabilidade.

  • Queda de libido.

  • Depressão.

  • Diminuição de concentração e de rendimento profissional.

  • Aumento de Pressão Arterial e Pulmonar

Causas da Apneia do Sono:


• Obstrução do fluxo de ar causada por flacidez da musculatura da garganta, desvio de septo nasal, problema nas narinas. • Dormir de boca aberta. • Excesso de peso.

Nem sempre quem dorme com o paciente percebe que ele ronca e tem pausas na respiração, como se fossem “engasgos”, seguidas de grandes puxadas de ar.

O paciente quase nunca sabe que tem Apneia, por isso a Polissonografia é tão importante.

O paciente na maioria das vezes não percebe essas pausas respiratórias, que podem chegar a centenas numa noite.

A Apneia do Sono provoca uma diminuição geral da oxigenação do corpo e prejudica todo o organismo.

Ela piora a qualidade de vida, aumenta a incidência de Hipertensão (pressão alta), Infarto do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral (AVC ou "derrame").

Pacientes com Apneia Obstrutiva do Sono não tratada têm mortalidade maior do que a população não apneica da mesma idade.


Tratamento da Apneia do Sono:

  • Perda de peso.

  • Aparelhos dentários especiais para usar só durante a noite. O principal tratamento é o CPAP ou Bipap, que são aparelhos compostos de um motor silencioso e uma pequena máscara, usada durante o sono.

Quando um paciente de Apneia precisa medicação?

  • Muitos pacientes precisam de medicação estimulante (Stavigile, Ritalina, Ritalina LA, Concerta, Venvanse) até comprarem e calibrarem o CPAP.

  • Alguns pacientes, mesmo com uso regular do CPAP continuam com uma Sonolência Diurna que atrapalha a vida. Para esses pacientes os Estimulantes são muito úteis.

Medicamentos para dormir da família dos Benzodiazepínicos devem ser evitados porque deprimem o Centro Respiratório, agravando a hipóxia. Se o paciente precisa de medicação para dormir, o médico vai preferir alguns Antidepressivos ou Neurolépticos específicos que melhoram o sono. A cirurgia de garganta ou mandíbula e as almofadas que obrigam a pessoa a dormir de lado são pouco eficazes.

Perguntas e Respostas sobre tratamento Insonia, Sonolência Excessiva Diurna, Narcolepsia, Pernas Inquietas, Paralisia do Sono, Apneia do Sono

Depoimentos de portadores de Insonia, Sonolência Excessiva Diurna, Narcolepsia, Pernas Inquietas, Paralisia do Sono, Apneia do Sono

© 2020 por mentalhelp