top of page

TOC e Pensamentos Obsessivos

Atualizado: 13 de abr. de 2023


Transtorno Obsessivo Compulsivo ou TOC
Tratar TOC com Psiquiatra do Einstein

Rituais obsessivos são atividades que a pessoa sabe que não fazem sentido, mas não consegue evitar.


Pensamentos obsessivos são pensamentos que a pessoa sabe que não fazem sentido, mas não consegue evitar.


Se não executar, sente ansiedade e acha que pode acontecer algo ruim para ela ou para outras pessoas.

Quando lembra, pode até rir do absurdo, mas quando os pensamentos ou rituais “atacam", toda a lógica acaba.


Exemplos:

  • Pensar se pode ter feito ou pensado algo que errado. “Será que fiz isso?” “Será que fiz errado?” “Será que atropelei alguém?” “Será que fiz certo” etc.

  • Preocupação com doenças.

  • Rezar, recitar, pensar em frases, palavras ou músicas de modo repetitivo.

  • Lavar as mãos ou a boca muitas vezes por dia.

  • Voltar para conferir portas, janelas, torneiras, fogão.

  • Não pegar objetos que podem ter caído no chão ou terem sido tocados por alguma pessoa que poderia ter alguma doença.

  • Conferir demais.

  • Preocupação exagerada com simetria ou arrumação.

Muitos pacientes apresentam apenas Pensamentos Obsessivos.


Pessoas que sofrem de TOC podem também ter sintomas de:

  • Dismorfia Corporal ou Dismorfofobia, a pessoa acha que alguma parte de seu corpo é feia ou deformada. Podem passar por cirurgias plásticas que evidentemente não trazem "resultados".

  • Cleptomania, furto objetos de pequeno valor, que poderia comprar. Em geral joga os objetos fora, ou dá para alguém, ou guarda como troféu. O impulso de furtar é precedido por grande ansiedade, posteriormente um alívio.

  • Sexo Compulsivo.

  • Jogo Compulsivo.

  • Compras Compulsivas.

  • Colecionismo ou Hoarding: acumular quantidades enormes de papéis, objetos, tranqueiras.

  • Síndrome de Tourette: tiques e cacoetes principalmente com a cabeça, pescoço e mãos e sons emitidos pela garganta.

  • Tricotilomania: arrancar e às vezes comer fios de cabelo.

  • Picking ou mania de se cutucar.

Tratamento do TOC e Pensamentos Obsessivos:

Pacientes com TOC não gostam de tomar remédio. Sem tratamento, o TOC pode cronificar e se tornar incapacitante.

  • Antidepressivos e/ou Neurolépticos.

  • N Acetilcisteína

  • Canabidiol

  • A Psicoterapia Cognitivo Comportamental (TCC) é a mais indicada.

  • Estimulação Magnética Transcraniana (TMS).

  • Resistir aos pensamentos e rituais obsessivos é fundamental. Quanto mais você resistir, melhor, por mais ansioso que fique. Sem essa resistência nenhum tratamento dá certo.

Tempo para começar a melhorar: 6 a 12 semanas. Não desista se não sentir melhora no começo.


Para a família:

  • Insista no tratamento

  • Faça de tudo para impedir os rituais.

  • Lembre a ele que é um sintoma de uma doença.

  • Lembre a necessidade de resistir às "manias".

  • Não leve a sério os rituais e medos do paciente, não discuta estatísticas sobre vírus, bactérias e contaminações.

  • Não discuta, não interprete nada, é perda de tempo, de energia e fonte de desgaste na família.

Observações:

  • Algumas vezes o primeiro remédio não melhora os sintomas e tem que ser trocado. Isso não quer dizer que seja mais grave nem refratário.

  • Mesmo que você já esteja bem, não interrompa a medicação. O tratamento do TOC é muito longo. Se parar de tratar muito cedo, a recaída é quase certa.

  • O TOC pode voltar? Pode!

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page